sábado, 13 de janeiro de 2018

Animais Sagrados

Descubra o que são Animais Sagrados, quais suas características, como eles atuam nas nossas vidas e como podem ser úteis em nos guiar na estrada do autoconhecimento, da cura e da resolução de problemas.


Autoconhecimento se define por conhecer a si mesmo, conhecer a sua própria natureza, seus próprios instintos, desejos, defeitos, qualidades e particularidades. Mas não só isso, autoconhecimento também se refere a conhecer a natureza de sua própria espécie, evolução e seu lugar não só no mundo, como no cosmos e na universalidade da vida. O autoconhecimento é uma jornada para o seu interior em busca de informações que te levem a compreender a si mesmo.

Como seres humanos, somos seres compostos e íntegros. Somos íntegros porque nosso conjunto de propriedades e características se unem e se relacionam coerentemente e perfeitamente, como se fossemos uma obra completa, ainda que na maior parte do tempo estejamos desequilibrados e desconexos. Somos compostos por diversos corpos, seja físico, etérico, mental ou astral. Temos diversos chacras espalhados pelo corpo. Somos influenciados pelas estrelas, constelações, luas, sóis onde quer que nós estejamos. E principalmente, somos influenciados o tempo todo pelos arquétipos que nos cercam. Arquétipos estes que se manifestam de inúmeras formas, contornando todo o mistério da mitologia e do misticismo.

Sentimos raiva, tristeza, mágoa, rancor, desespero, medo. Sentimos amor, alegria, felicidade, lucidez, bem-estar. Todos os nossos sentimentos são energias manifestadas tanto internamente quanto externamente. Tudo o que sentimos gera e vibra uma energia específica que nos transforma e interfere por dentro e por fora. Essa energia atua principalmente no campo mental e emocional, que por sua vez, altera a frequência áurica (causando o fenômeno de mudança da cor da aura). Os arquétipos místicos são símbolos ou formas utilizados por nós ou por entidades e seres ao nosso redor para identificar e expressar tanto essas emoções como pensamentos dos mais simples aos mais complexos. Fazendo uso do nosso intelecto e da nossa intuição, construímos inúmeras crenças, religiões e mitologias recheados de simbolismos e significados que mesmo que não soubéssemos, eram puramente oriundos do nosso inconsciente e da nossa maneira pessoal e coletiva de expressar os arquétipos que nos influenciavam por dentro.

Além disso, não podemos esquecer que os seres humanos também são animais e que portanto, possuem dentro de si, uma força animalesca e selvagem. Quando se pensa em algo desta natureza, normalmente se imagina algo que vá na direção oposta à razão. Imaginamos o animalesco como algo irracional e descontrolado. De fato, esta não é uma visão totalmente errônea, mas o que não podemos negar, é que este lado animal tem uma força surpreendentemente poderosa. E, como seres racionais, ao alcançar o equilíbrio das nossas emoções e do nosso ser, podemos controlar essa força e utilizá-la ao nosso favor, contribuindo desta forma, com nossa própria evolução.


Evoluir na jornada espiritual não significa deixar de lado esse lado mais selvagem, mas sim compreendê-lo e se conectar com ele, assumindo que ele existe e aceitando que ele faz parte de nós. Quando recusamos a sua presença estamos criando um conflito interno no nosso inconsciente que só nos gerará mais desequilíbrio e infortúnios. Por outro lado, quando aceitamos e aprendemos a lidar com isso, evoluímos e nos tornamos seres mais capazes.

É através desta força animalesca que atuam os animais sagrados. Desde os primórdios da humanidade, a sobrevivência humana exigia o relacionamento tanto com os seres vegetais como animais. Também sempre foi necessário fazer uso dos instintos para evitar perigos ou até mesmo prever acontecimentos. Desta forma, o ser humano evoluiu gradativamente não somente sua potência intelectual e inteligência, como também suas habilidades intuitivas. Somos seres atuantes não somente por meio consciente, mas também inconsciente.

O Xamanismo, espiritualidade ancestral que nos ajuda a compreender o nosso mundo, o mundo espiritual e a forma como ambos se conectam, bem como nos proporciona experiências incríveis com o Grande Espírito e a Mãe Terra, ensina a sabedoria dos animais sagrados. Em todo o mundo as comunidades xamânicas se fizeram presentes e o uso do conhecimento espiritual foi útil para a sobrevivência desses povos. Através de viagem astral e da conexão com os animais de poder, conseguiam prever e evitar perigos, encontrar comida, água e outros recursos. Através das ervas, alcançavam a cura, a medicina natural. A conexão constante com a natureza sempre foi extremamente essencial.

Embora saibamos que diversas crenças xamânicas se espalharam pelo mundo, podemos considerar que o xamanismo trata a existência não somente de um animal sagrado na vida de uma pessoa. De acordo com as crenças xamânicas, nós somos privilegiados com o animal de poder, o animal alado, o animal dourado e o animal negro ou de sombra. O que seriam esses animais e o que eles representam?


Animal de Poder

O animal de poder representa o nosso poder interior e a nossa essência interna, ou seja, quem nós somos verdadeiramente quando estamos em total equilíbrio. A força do animal de poder se manifesta durante toda a nossa vida, sendo nosso vigor, nossa força de vontade, nossas habilidades pessoais. O animal de poder também pode revelar traços da nossa personalidade e habilidades diversas que possuímos. Ele também é o grande impulsionador dos nossos dons, do nosso desenvolvimento pessoal, profissional e nos ajuda a enfrentar os desafios da vida.

É a força deste animal que nos ajuda a se levantar depois de uma queda, que nos empurra para frente e nos tira da inércia. Através dele, podemos superar tanto as barreiras do mundo como aquelas que construímos para nós mesmos inconscientemente. Este animal tem o poder de nos proteger em situações de perigo e de nos guiar em todos os momentos da vida. Entrar em contato com o animal de poder nos permite trilhar a estrada do autoconhecimento da maneira mais íntima possível, conhecendo nosso ego, nosso Eu Interior, nossa própria essência.

O animal de poder também é um ótimo conselheiro. Podemos conversar com ele, pedir ajuda, conhecimento e sabedoria para resolver situações problemáticas ou para galgar novas conquistas. O animal de poder tem todos os recursos para nos guiar no caminho mais produtivo, nos tirando das situações desagradáveis e sofridas e nos levando para a luz e para o desenvolvimento espiritual. Ele também pode nos ajudar a desenvolver a intuição, as habilidades mediúnicas e a vidência.

Na nossa saúde, o animal de poder representa a força e a reação do organismo para resistir as enfermidades. Ele nos ajuda a não desistir diante da dor, mas contornar ela a fim de nos curarmos e continuarmos nossa jornada aqui na Terra. O animal de poder também é capaz de nos proporcionar bem-estar, nos ajudando a combater a ansiedade, o nervosismo e o medo.


Animal Alado

O animal alado representa a sabedoria sagrada que incide no nosso interior. Nosso equilíbrio entre a razão e a intuição que nos leva a transcendência da mente e da compreensão. Através dele, obtemos uma visão mais ampla das situações que nos cercam no dia a dia e desta forma, descobrimos as melhores opções, caminhos, ou decisões que devemos seguir.

Este animal nos permite compreender tudo a nossa volta de maneira completa e nos faz perceber aquilo que ainda não havíamos percebido. Ele é um ser sábio e conselheiro que nos guia e nos orienta na resolução de problemas, nas nossas reflexões pessoais, nas nossas tomadas de decisões e no desenvolvimento da nossa intelectualidade, racionalidade e análise.

O animal alado está sempre atualizado sobre os caminhos que nossa vida pode seguir. Conhecedor do destino e das consequências que poderemos ter de acordo com nossas atitudes, ele pode nos ensinar a termos prudência, cautela, respeito e sabedoria. Ele sempre arranja um jeito de nos mostrar, por meio de palavras, imagens ou reflexões aquilo que precisamos tomar conhecimento para seguir em frente na nossa evolução da maneira mais proveitosa possível.

Podemos entrar em contato com o animal alado sempre que precisarmos de ajuda ou estivermos em apuros, sempre que precisarmos dos melhores conselhos ou de amparo ou sempre que precisarmos resolver dúvidas intrigantes da nossa vida e dos caminhos que resolvemos seguir. Ter uma conexão íntima com este animal, nos beneficia grandiosamente.


Animal Dourado

O animal dourado é encarregado de carregar a sabedoria ancestral do seu espírito. Segundo as crenças xamânicas, ele nos acompanha em todas as suas encarnações e portanto, possui o conjunto de informações sobre toda nossa história. Ele pode nos ajudar a recuperar ensinamentos importantes que precisamos para resolver problemas atuais. Também pode nos guiar para o caminho do nosso autoconhecimento espiritual.

Este animal também está relacionado com a cura e a recuperação. Ele conhece todos as curas das nossas enfermidades e problemas, sejam físicas, emocionais, mentais ou espirituais. Ele sabe exatamente o que precisamos para nos recuperar dos nossos problemas, pois ele conhece nossa essência, nosso espírito intimamente. Ele sabe como todo o mundo nos influencia e como nós influenciamos o mundo. Ele sabe quais ervas combinam mais conosco, quais astros têm mais energia emanada sobre nós. O animal dourado conhece o nosso ser e por isso, pode nos ajudar a nos conhecer.

O animal dourado também representa o nosso elo com o Grande Espírito, nos proporcionando proteção e estabilização. Ele é chamado de “dourado” porque esta cor representa a verdadeira sabedoria, o verdadeiro tesouro que não se adquire de um dia para o outro, mas com as experiências, vivências e com a busca pelo conhecimento e pela reflexão.

O animal dourado nos convida a sermos sábios como ele, buscando o conhecimento tanto fora como dentro. Ele nos permite absorver as informações e usá-las de maneira mais eficiente e mais sapiente.


Animal Negro ou Animal de Sombra

O animal negro, ou também conhecido como animal de sombra representa a nossa força introspectiva e o nosso “Eu obscuro”. Todos nós possuímos um lado de luz e um lado de sombras. O lado de luz é aquele o qual nós nos familiarizamos, é resultado das mutações que fazemos com nós mesmos e do policiamento que temos com nossos próprios sentimentos e pensamentos. É o lado que mostramos ao mundo e que mostramos a nós mesmos.

O lado de sombras é aquela versão mais introspectiva, aquela que não deixamos se expressar muito bem, mas que nem por isso deixa de existir. No lado das sombras moram nossos desejos íntimos, pensamentos reclusos, impulsos que muitas vezes aprisionamos. Não devemos ver as sombras como algo ruim, apesar da conotação existente. Pois, sombras nada mais são que uma luz que foi enfraquecida por algum bloqueio ou obstáculo.

O animal negro nos ajuda a compreender nosso lado das sombras e não bloqueá-lo. Quando criamos obstáculos internos para nosso eu introspectivo, acabamos tendo problemas em toda nossa vida. Acabamos por ter crises existenciais, fraquezas emocionais, distúrbios no corpo e na mente e principalmente, impedimos nós mesmos de alcançar o autoconhecimento. O animal negro representa a força introspectiva que nós guardamos dentro de nós, ativar essa força e saber usá-la nos torna muito mais poderosos.

Um outro aspecto muito importante é que com essa força, podemos quebrar qualquer tipo de magia negra ou feitiço maléfico lançados sobre nós. Isso porque a magia negra atua por meio do desequilíbrio, procurando brechas para nos danificar. Mas quando nós estamos em equilíbrio e conhecemos nossa própria sombra, fica muito mais difícil ser atingido por isso. O animal negro é um grande presente da Mãe Terra para que nunca nos esqueçamos que somos seres duos, com dois polos e que somos seres mutáveis.


Como descobrir meus animais sagrados e entrar em contato?

Existem várias formas de descobrir seus animais sagrados, vários rituais, várias meditações voltadas aos estados alterados da consciência e vários outros métodos. É interessante entender como funciona o processo de descoberta de um animal sagrado, para que depois se possa buscar um método específico.

Os animais sagrados são forças arquetípicas que funcionam principalmente através do nosso inconsciente. Todos eles estão ligados com nosso equilíbrio pessoal, nossa essência interna e nossa evolução. E todos eles estão preparados para nos ajudar na busca do autoconhecimento e da sabedoria interior. Isso deixa claro a enorme necessidade de abstrairmos o mundo exterior e focarmos no nosso interior. Sendo assim, todo e qualquer processo de comunicação com um animal sagrado envolve nos voltarmos para dentro e não para fora.

Isso indica que não precisamos ir a nenhum lugar específico como uma montanha, floresta, praia ou o que seja. O animal não está lá fora para você procurá-lo, ele se encontra dentro de você e te acompanha onde quer que você vá. Desta forma, você pode entrar em contato com ele onde quer que você esteja. Isso não quer dizer que qualquer momento é tão propício quanto outro. Respeite a si mesmo, sua relação com seu próprio íntimo. Escolha momentos ideais para buscar uma comunicação mais intensa com seu animal sagrado. Escolha locais calmos, com o mínimo de interferência externa possível.


A chave para entrar em contato com seu animal sagrado é se desconectar completamente da realidade exterior. É por isso que os rituais xamânicos são tão poderosos e eficientes nesse aspecto. Todos os elementos ritualísticos xamânicos proporcionam essa abstração e nos levam para uma verdadeira jornada no nosso verdadeiro ser. Por exemplo, os instrumentos musicais produzem um efeito hipnótico que nos impedem de se desconcentrar com sons externos. As ervas e os demais elementos alteram a vibração energética do ambiente propiciando uma conexão mais intensa com a entidade em questão.

Você deve tentar reproduzir esses efeitos da maneira mais efetiva possível para ter um contato garantido com seu animal sagrado. A melhor forma sem dúvida, é através de uma jornada espiritual por meio de um ritual xamânico com um Xamã experiente, mas se você não tiver isso disponível diante de você, poderá tranquilamente fazer sua própria jornada. Afinal de contas, o animal sagrado não depende da existência de um xamã também.

Mas lembre-se: jamais permita seu ego interferir! “Eu amo esse animal”, “Eu gostei muito do significado deste animal”, “Eu acho que meu animal vai ser esse”. Evite esses pensamentos. Não é você quem escolhe o animal sagrado, mas ele quem escolhe você! E ele escolhe você porque você precisa do ensinamento dele para sua evolução. Não existe um melhor que outro, o que existe é aquele que melhor se adequa as suas necessidades. E não pense que você conhece suas próprias necessidades perfeitamente. Lembre-se que os animais sagrados estão intimamente ligados com sua essência interior, eles conhecem você melhor do que você mesmo, pois se não fosse assim, como poderiam te guiar no caminho do autoconhecimento?

Independente do método que você escolha para descobrir seu animal sagrado, lembre-se de abstrair o mundo exterior. É recomendável utilizar ervas (e nesse caso, você deve escolher segundo sua intuição), caso queira, ouça sons xamânicos durante o ritual. Existem vários desses sons de tambores, chocalhos e outros instrumentos gratuitos na internet. Basta baixar e ouvir durante o ritual.

Entenda também que mais importante de “qual é seu animal sagrado” é “qual relação você tem com seu animal sagrado”. Não adianta nada descobrir seu animal sagrado se você não tem nenhum tipo de comunicação com ele. Os animais sagrados não são troféus ou títulos, eles são guias muito sábios. Não aproveite deles a beleza ou o status, mas sim a sabedoria e o conhecimento.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.
As imagens foram coletadas na internet por meio de um buscador digital. O texto é de minha autoria.
Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Feitiço para afastar pessoas indesejáveis da sua vida

Está cansado da presença de certas pessoas em sua vida? Não aguenta mais a interferência indesejada de terceiros naquilo que é pessoal para você? Conheça este feitiço para afastar pessoas indesejadas na sua vida de uma vez por todas!


Este feitiço envolve a energia de Exu Tranca Rua das Almas, uma entidade carmática muito cultuada e consultada nas religiões de Umbanda e Kimbanda. Se trata de um exu de muita responsabilidade e capaz de resolver problemas desse tipo com facilidade. É uma entidade séria e que merece respeito.

Para este feitiço você precisará de:

  • Uma vela bicolor vermelha e preta;
  • Sete folhas de alecrim;
  • Sete cravos;
  • Sete sementes de feijão;
  • Um pires;
  • Papel e caneta.


Algumas observações antes de fazer o feitiço:

  • Neste feitiço, você precisará realizar uma oferenda para o Exu Tranca Rua das Almas. A menos que você tenha um altar bem preparado e já trabalhe com esta entidade como guia e mentor, deverá colocar a oferenda em alguns dos locais que serão indicados;
  • Faça este feitiço no período de lua minguante ou nova para fortalecer seu efeito;
  • Realize a oferenda durante a noite, de preferência, num horário próximo de meia-noite.


Como fazer o feitiço:

Pegue o papel e escreva com a caneta o nome completo de todas as pessoas que você deseja afastar da sua vida. Dobre o papel sete vezes (escolha um papel que tenha tamanho suficiente para isso). Agora com o papel em mãos, reúna os demais itens para o feitiço e se dirija para o local da oferenda.

O Exu Tranca Ruas das Almas pode receber oferendas em qualquer rua da cidade, cemitérios, encruzilhadas e estradas. Mas é aconselhável que você procure um local menos movimentado, pelo menos no momento que escolher para realizar a oferenda.

Ao chegar no local, faça a seguinte oração:

“Em nome de Deus e da espiritualidade maior, convoco aqui a presença de Exu Tranca Ruas das Almas em sua verdadeira essência e energia. Que se faça presente o guardião das ruas e das almas. Amém!”

Coloque o pires no chão, acenda a vela e coloque-a de pé no centro do pires. Pegue os sete cravos e coloque-os em volta da vela com as “cabeças” apontando para fora do pires. Respeite o máximo possível a mesma distância entre um cravo e outro.

Após isso, coloque as folhas de alecrim em volta do pires nas mesmas direções dos cravos, como que as “cabeças” dos cravos estejam a apontar as folhas. Depois coloque um grão de feijão acima de cada folha. Com tudo terminado, acenda a vela novamente caso ela tenha se apagado. Faça a seguinte oração com o papel em mãos:

“Por motivos pessoais [fale os motivos caso desejar], peço ao Exu Tranca Rua das Almas para afastar as seguintes pessoas da minha vida: [leia a lista com os nomes completos das pessoas]. Que essas pessoas sejam desvinculadas completamente da minha vida e eu não tenha nunca mais que lidar ou me preocupar com elas. Deixo essa oferenda para o Exu Tranca Rua das Almas como agradecimento pelo seu serviço. Que no seu poder, ele realize meu desejo de afastar todas essas pessoas definitivamente da minha vida. Amém!”

Uma observação importante: enquanto ditar o nome completo das pessoas, visualize eles sendo riscados da sua lista e da sua vida completamente. Após isso, coloque, com cuidado, o papel embaixo do pires ou próximo, com uma pedra em cima. Feito isso, está terminado o feitiço e você poderá retornar para sua casa. Lembre-se de deixar a vela acesa quando sair. Não se preocupe se ela apagará depois, pois continuará acesa no astral.


Se você já trabalha na sua casa com o Exu Tranca Rua das Almas como guia e mentor e tiver um altar ou assentamento preparado para colocar oferendas, poderá utilizá-lo para não precisar ir tão longe.

Agradecimentos a toda falange do Exu Tranca Rua das Almas. Um grande Salve!

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

A imagem foi coletada na internet por meio de um buscador digital. O texto e o feitiço são de minha autoria.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

domingo, 15 de janeiro de 2017

Feitiço cigano de atração amorosa

Está com dificuldades em atrair uma pessoa em específico? Conheça este feitiço cigano bem simples que o ajudará a se tornar mais atraente aos olhos dessa pessoa. Não perca tempo, a magia está ao seu dispor.


Antes de mais nada, é preciso esclarecer que este não se trata de um feitiço de amarração amorosa, mas sim, um feitiço de atração. Ele pode ser utilizado quando você quer abrir os olhos de uma pessoa e atraí-los para você. Ou seja, você usará magia para se tornar mais atraente para alguém em específico, aumentando em muito a possibilidade dela se interessar realmente por você. Isso não significa forçá-la a entrar em um relacionamento amoroso com você.

Explicado isso, podemos partir para o feitiço propriamente dito. Para este feitiço você precisará de alguns itens, sendo eles:

  • Taça;
  • Fita vermelha;
  • Quartzo rosa;
  • Papel e caneta;
  • Vinho;
  • Mel.


Faça este feitiço antes de dormir, pela noite, numa lua cheia. Pegue a taça, encha com vinho um pouco mais que a metade. Amarre a fita vermelha em volta da taça. Coloque a taça sobre uma mesa, banco ou outro móvel próximo à sua cama. Escreva um bilhete para a pessoa que você ama declarando seu amor. Coloque o nome dela no início do bilhete.

Coloque o bilhete em frente a taça com vinho e ponha o cristal de quartzo rosa em cima. Faça a seguinte oração:

“Que o povo cigano traga sua magia para o meu lar e minha vida. Que esta taça, símbolo da união amorosa, contenha o líquido da sedução. Que este vinho se transforme em poder de sedução e me atraia os olhares de [nome de quem se deseja]. Vigiado pelo poder da lua cheia, dormirei em descanso enquanto o povo cigano energiza meu feitiço. Que pela manhã, esteja tudo pronto. Amém!”

Tampe a taça com cuidado, durma e descanse bem. No outro dia, acorde bem cedo. Pegue o mel e misture uma colher ao vinho dizendo:

“Que minha aura seja adoçada para atrair os sentimentos de [nome de quem se deseja]. Que [nome de quem se deseja] abra os olhos para mim. Amém!”

Agora beba o vinho com mel visualizando você e a pessoa juntos e se amando com muito carinho e afeto. Está terminado o feitiço. Você poderá guardar o cristal, e a taça para utilizar em outras ocasiões. Quanto ao bilhete, este deverá ser entregue a pessoa desejada após ocorrer o primeiro beijo de amor. Até lá, use a fita para amarrá-lo como se fosse um pergaminho. Guarde bem.

Este feitiço é indicado para quando você sentir a necessidade de usar magia para atrair alguém. A magia cigana preza muito esse valor. Usar magia apenas por usar não combina com os ensinamentos ciganos. Vale lembrar também que se você fizer este feitiço, deverá dar valor e se dedicar em conquistar a pessoa.

Tente se aproximar mais dela, puxar assunto, mas sempre seja você mesmo. Com a energia do feitiço, é natural que ela se sinta atraída pela sua energia pessoal.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

A imagem foi coletada na internet por meio de um buscador digital. O texto e o feitiço são de minha autoria.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

Feitiço para aumentar vigor e disposição

Se sente muito indisposto? Sem falta de vontade? Sabia que estes problemas podem ter origem espiritual? Saiba como se livrar destes problemas utilizando um simples feitiço de magia elemental.


Este é um feitiço pagão de magia elemental indicado para todos que desejam ter maior disposição e vigor. Se você sente muita indisposição, preguiça, falta de vontade, então é recomendado que faça. Mas lembre-se que indisposição e falta de vontade são sintomas ligados a muitos problemas, sejam espirituais ou de saúde, tanto mental ou física.

Sendo assim, antes de mais nada, é fundamental que você procure ajuda médica e psicológica. É importante que você investigue esses sintomas e descubra quais são suas origens. Trate-os imediatamente e use este feitiço apenas como um auxiliar. Na maioria das vezes, indisposição está ligada a alimentação, portanto, a ajuda de uma nutricionista pode ser bem-vinda. As vezes, estes são sintomas da presença de seres astrais obsessores ou assediadores. Neste caso, é recomendável que você também tente este feitiço: Feitiço para afastar espíritos ruins.

Após investigar as causas de sua indisposição ou falta de vontade, tome as devidas medidas e use este feitiço como auxílio.

Para este feitiço você precisará de:

  • Incenso de maçã verde;
  • Alecrim;
  • Sal grosso;
  • Água;
  • Vela verde ou branca;
  • Atame (opcional);
  • Recipiente.


Algumas observações antes de fazer este feitiço:

  • Você poderá potencializar o feitiço se o fizer no período de lua crescente ou cheia;
  • Você precisará de água suficiente para um banho e um recipiente que tenha tamanho suficiente para contê-la.


Como fazer o feitiço:

Reúna os itens necessários e comece convidando os Deuses para se fazerem presentes. Diga: “Com amor, devoção e humildade, invoco a energia do Deus e da Deusa para que se façam presentes dentro de mim e agindo através de mim para a realização deste feitiço. Que assim seja e que assim se faça!”. Depois disso, o próximo passo é traçar o círculo mágico. É recomendável que você utilize um atame para traçar o círculo mágico, mas caso você não tenha, poderá utilizar seu dedo indicador. Para traçar o círculo, faça da seguinte forma:

De pé, aponte o atame para a direção leste e diga as seguintes palavras: “Aqui e agora, com a permissão dos Deuses, hei de traçar um círculo mágico para que nenhuma energia externa se aproxime e atrapalhe o meu feitiço. Invoco a energia vital da Deusa para se fazer aqui presente dentro de mim, agindo através de mim. Invoco a energia vital do Deus para se fazer aqui presente dentro de mim, agindo através de mim. Que este círculo mágico seja abençoado e consagrado e nenhuma energia negativa o ultrapasse”.

Visualize uma energia branca e límpida na ponta do seu atame. Trace o círculo em sentido horário circulando até retornar ao ponto inicial. Após isso diga as seguintes palavras: “Agradeço aos Deuses por me concederem o poder de traçar este círculo. Que ele seja firme e mais uma vez, consagrado nas energias divinas. Que assim seja e que assim se faça”.

Caso você não tenha atame e precise ou opte por utilizar o dedo indicador, as instruções são simples. Deverá apontar o dedo indicador da mão com que escreve na direção leste e visualizar uma luz branca e límpida na ponta dele. Assim poderá traçar o círculo normalmente proferindo as mesmas palavras anteriormente mostradas.

Agora, com o círculo mágico traçado, coloque a água no recipiente. Acenda o incenso e diga: “Invoco a presença dos seres elementais do ar, da terra, da água, do fogo e do espírito para que se façam aqui presentes em nome do Deus e da Deusa, que assim seja!”. Visualize a fumaça do incenso numa cor verde e bastante vívida.

Agora erga o sal grosso para cima e diga as seguintes palavras: “Que este sal seja consagrado na energia do elemento Terra, para que seja poderoso e firme. Que seja consagrado na energia do elemento Água, para que seja purificador e leve os maus fluidos embora. Que assim seja e que assim se faça, com o poder dos elementais e em nome do Deus e da Deusa!”. Retorne o sal grosso para sua posição anterior.

Agora erga o alecrim para cima e diga as seguintes palavras: “Que esta erva e toda sua magia me sejam úteis para revigorar meu corpo minha mente e minha alma. Que ela purifique-me por completo e afaste da minha vida toda indisposição, indeterminação, travamentos e bloqueios. Que a energia dessa erva seja potencializada pelos elementais e pelos Deuses. Que assim seja e que assim se faça!”. Retorne o alecrim para sua posição anterior.

Agora erga a água para cima e diga as seguintes palavras: “Que esta água seja consagrada na energia divina do cosmos e da vida. Que ela seja totalmente pura e preparada para movimentar as energias que me curarão de toda indisposição. Que essa água seja preparada para banhar minha alma e minha mente, me trazendo mais força de vontade e vigor. Invoco a energia do elemento água e dos Deuses para fortalecer ainda mais seu poder. Que assim seja e que assim se faça!” Despeje a água no recipiente, com calma.

Agora acenda a vela e diga: “Com essa chama, invoco o poder do fogo para vitalizar minha mente e minha alma, me trazendo mais animação, determinação e vigor. Que assim seja e que assim se faça!”. Feche seus olhos e repita várias vezes a seguinte frase:

“A partir de agora eu terei mais determinação e força de vontade.”
“A partir de agora sou uma nova pessoa com mais animação e vigor.”

Repita essas frases mais de cem vezes com muita fé e vontade no coração, na alma. Após terminar, medite por alguns minutos visualizando tudo isso se realizando. Quando terminar, acrescente ao recipiente com água, o sal grosso e o alecrim. Esmague muito bem o alecrim com suas próprias mãos, fazendo com que as substâncias nele contidas, se misturem com a água.

Após isso, apague a vela e agradeça aos Deuses pela energia do fogo. É momento de tomar um banho mágico. Leve o recipiente com o líquido para banhar-se. Antes tome um banho comum. Após o banho comum, pegue o líquido e despeje do pescoço aos pés. Enquanto a água cai, visualize toda energia ali contida se misturando com seu corpo e se espalhando completamente por ele. Deixe sobrar um pouco do líquido e lave seu rosto com isso. Deixe a magia do alecrim e do sal grosso purificar você por completo.

Depois disso, saia do banho com determinação e confiança de que você será uma pessoa mais produtiva e vívida. Faça um agradecimento pessoal aos seres elementais e aos Deuses. Depois desfaça o círculo mágico da seguinte maneira: pegue o atame e aponte para a direção leste, diga as seguintes palavras: “Em nome do Deus e da Deusa, hei de desfazer este círculo mágico enviando suas energias de volta para o universo. Que assim seja e que assim se faça”. Após isso, visualize o círculo sendo desfeito pela ponta do seu atame enquanto você circula em momento anti-horário até retornar para a posição inicial.

A vela poderá ser guardada para ocasiões posteriores, bem como o recipiente e o atame. Os restos do banho podem ser descartados. Você poderá fazer este feitiço sempre que achar necessário. Mas lembre-se de sempre investigar as causas do seu desânimo ou falta de disposição.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

A imagem foi coletada na internet por meio de um buscador digital. O texto e o feitiço são de minha autoria.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Feitiço para desfazer amarração amorosa

Descobriu que alguém fez amarração amorosa para você ou para alguém que conheça? Aprenda um feitiço muito poderoso que é capaz de desfazer qualquer tipo de amarração amorosa lançada sobre uma pessoa!


Infelizmente, desde os tempos antigos até os contemporâneos, muitos buscam meios de amarração amorosa ou feitiçaria para conseguirem uma relação com alguém. Sem se importar e respeitar o livre arbítrio ou sentimentos das outras pessoas, apelam para a magia a fim de alcançar seu objetivo.

A amarração amorosa prende uma pessoa a outra e em muitos casos pode ser destrutiva. O indivíduo amarrado normalmente não se sente bem ou tem uma vida boa até que ceda as tentações da amarração, e isso pode ser muito cruel. Raramente a pessoa perceberá que está sendo vítima de uma amarração, mas se perceber, é adequado que tente se libertar o quanto antes. Conheça alguns sintomas de amarração amorosa:

  • Manter uma relação amorosa de compromisso com alguém que não ama sem conhecer nenhum outro motivo aparente;
  • Não sentir nenhum tipo de prazer ou atração sexual por outra pessoa a não ser uma em específico, quando não há nenhum sentimento real envolvido;
  • Sensação de desorientação pessoal;
  • Sensação de estar fora de si ou alienada, como se não comandasse a si mesma;
  • Sentir sonolência, dormência e falta de atenção constante sem motivo aparente;
  • Ficar totalmente desconcentrada dos interesses que normalmente eram o foco;
  • Vontade de isolamento, se afastar das pessoas em volta;
  • Dores de cabeça, enjoo, tontura ou alteração na pressão cardíaca, de maneira momentânea (duração de dois a 4 dias). Principalmente se houver alguém que tenha sentido os mesmos sintomas nos mesmos dias e demonstre interesse por você;
  • Ter sonhos envolvendo sexo com uma pessoa em específico, ou com alguma coisa em específico. Não precisa ser necessariamente a pessoa com quem está amarrada;
  • Ter sonhos de submissão sexual, amorosa ou sentimental;
  • Sentir peso no peito ou acima do diafragma, em conjunto com insônia e sensação de mal estar;
  • Sentir a presença de algum ser astral na sua casa, como uma companhia chata e desagradável;
  • Se sentir dependente sexualmente, amorosamente ou sentimentalmente de alguém sem nenhuma causa anterior aparente;
  • Sentir desejos carnais com mais intensidade sem causa aparente;
  • Sentir impulsos para a masturbação ou o sexo sem causa aparente;
  • Se sentir feliz na presença de uma pessoa, mas se sentir muito mal quando se afastar dela;
  • Ter uma controvérsia na vida de uma hora para outra.


Vale dizer que estes são apenas alguns dos sintomas e na maioria das vezes, a pessoa amarrada não apresentará todos eles. Existem vários tipos de amarração amorosa, cada um deles causando uma parte desses sintomas. Outro detalhe importante é que a pessoa amarrada não construirá nenhum sentimento com o outro. Portanto, todo suposto amor, carinho e afeição serão ilusões, ou seja, tudo totalmente falso. Assim que o efeito da amarração se acaba, tudo é derrubado e deixa de existir instantaneamente.


Este feitiço então, não só quebra a amarração amorosa, como também derruba todos os falsos sentimentos que iludiram a pessoa amarrada. Você pode fazer isso para libertar a si mesmo ou para libertar outra pessoa que você deseja ajudar. É um feitiço simples, mas que se feito com força de vontade e energia, funcionará muito bem.

Para este feitiço será preciso:

  • Um boneco qualquer, de plástico, pano, pelúcia, palha ou madeira. Lembre-se que este não deve ter pertencido a ninguém a não ser a pessoa amarrada. Ou então arranje um novo nunca usado por ninguém;
  • Parte biológica do amarrado em questão. Pode ser pelos do corpo, púbicos, cabelo, pedaço da unha, ou qualquer coisa biológica que remeta ao amarrado;
  • Uma vela branca;
  • Três dentes de alho;
  • Sal grosso;
  • Água;
  • Recipiente;
  • Barbante;
  • Tesoura.


Algumas observações antes de fazer o feitiço:

  • Escolha o período de lua minguante para fazer este feitiço;
  • A poção que será ensinada neste feitiço poderá ser feita previamente, caso prefira.


Como fazer:

Pegue o barbante e corte sete pedaços com o mesmo tamanho. Os pedaços do barbante devem ter tamanho suficiente para envolver o boneco e amarrá-lo. Agora pegue o boneco e o una a parte biológica que você tiver, pode usar fita adesiva, cola ou qualquer coisa. Pegue os pedaços do barbante e amarre no boneco um por um. Se puder, a depender da flexibilidade do boneco, siga essa ordem:

  • Primeiro barbante: Amarre nos pés ou tornozelos do boneco;
  • Segundo barbante: Amarre nas coxas do boneco;
  • Terceiro barbante: Amarre na cintura ou barriga do boneco;
  • Quarto barbante: Amarre na altura dos peitos do boneco;
  • Quinto barbante: Amarre no pescoço do boneco;
  • Sexto barbante: Amarre na cabeça na altura dos olhos do boneco;
  • Sétimo barbante: Amarre na cabeça na altura da testa do boneco.


Caso não seja possível essa ordem, amarre os barbantes da forma como preferir e puder. Após isso, diga as seguintes palavras: Que este boneco seja a representação fiel de [nome do amarrado] em âmbito físico, energético, astral, mental e espiritual. Que assim como seja feito aqui, seja feito em [nome do amarrado]. Que aquilo que for realizado neste boneco, também se torne realidade em [nome do amarrado]. Amém!

Coloque o boneco próximo a vela. Acenda a vela e diga as seguintes palavras: Convoco aqui toda magia do bem, todo espírito benevolente. Convoco meu anjo da guarda para se fazer aqui presente e me oferecer apoio. Convoco o anjo da guarda de [nome do amarrado] por meio do meu anjo da guarda, para que se faça presente e ofereça apoio. Convoco a energia divina para que realize e concretize este feitiço. Amém!

Agora será necessário preparar uma pequena poção. Lembre-se que, caso queira, poderá prepará-la previamente no mesmo dia ou em algum dia de lua minguante. Pegue o recipiente, coloque os três dentes de alho um por um enquanto diz: Este primeiro, ofereço para libertar. Este segundo, ofereço para purificar. Este terceiro, ofereço para fortalecer. Amém!

Jogue um pouco de água e esmague os dentes de alho completamente até que se torne um tipo de suco de alho. Após isso, jogue o sal grosso e misture bem até formar uma solução.

Volte ao boneco, ele ainda está amarrado. É momento de libertá-lo. Você fará isso cortando cada um dos pedaços de barbante com a tesoura. Antes de cortar cada barbante deverá proferir palavras específicas. Faça da seguinte forma:

Cortando o primeiro barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora você não será mais forçado a ser dependente, seja emocionalmente, fisicamente ou psicologicamente. Amém!

Corte o primeiro barbante.

Cortando o segundo barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora você não será um dependente sexual de ninguém, nem será dominado pelas forças malignas que atraem você pelo sexo e pelo prazer. Determino que todo o seu corpo energético seja liberto de todo o mal e amarração. Amém!

Corte o segundo barbante.

Cortando o terceiro barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora você terá sua identidade reestabelecida, se libertará de toda confusão mental, alienação, dúvidas, insanidades. Determino que todos os seus sentimentos e emoções sejam purificados e que não haja mais nenhuma amarração. Amém!

Corte o terceiro barbante.

Cortando o quarto barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora suas emoções e sentimentos serão originais e não fruto de manipulação maligna. Determino que seu verdadeiro Eu se manifeste e mostre para você a realidade e quem você realmente é, o que realmente sente. Amém!

Corte o quarto barbante.

Cortando o quinto barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora você tem liberdade de expressão e poderá expressar seus verdadeiros sentimentos e pensamentos. Você não será mais manipulado por amarração amorosa. Determino que todos os seus reais interesses ganhem novamente seu poder de foco e concentração. Amém!

Corte o quinto barbante.

Cortando o sexto barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora você enxergará a verdade sobre tudo e isso iluminará sua vida. Determino que sua mente se abra e veja. Determino que a venda que cobre seus olhos seja retirada e destruída. Amém!

Corte o sexto barbante.

Cortando o sétimo barbante:

Diga as seguintes palavras: Agora [nome do amarrado], em nome de todo o poder aqui reunido, com a força do bem, dos anjos da guarda, amor, piedade e compaixão, eu o liberto do poder de amarração amorosa feita para sua vida. A partir de agora não existirá nenhuma força espiritual maligna influenciando sua vida. Determino que você seja livre e que seu espírito seja livre. Amém!

Corte o sétimo barbante.

Agora pegue a solução e banhe o boneco por inteiro, da cabeça aos pés. Lave ele, molhe, esfregue, impregne e se livre da parte biológica. Enquanto faz isso, visualize a pessoa sendo totalmente liberta das energias da amarração amorosa. Se o boneco for pequeno, você pode também mergulhá-lo na solução. Demore o tempo que achar necessário, siga sua intuição. Após isso feche seus olhos e visualize por alguns instantes, a pessoa totalmente livre da amarração.

O feitiço está pronto. Apague a vela e guarde para caso queira usá-la posteriormente. Guarde o boneco por cerca de vinte a trinta dias, até terminar a próxima lua minguante. Após isso, lave-o em água corrente e poderá utilizá-lo como um objeto qualquer. Não o use mais para magia, a não ser que se refira a mesma pessoa.

Quanto ao que restar da solução (que entrar em contato com o boneco), jogue bem longe de sua casa e da pessoa amarrada. O recipiente deve ser lavado em água corrente e poderá ser reutilizado. Quanto ao barbante e a tesoura, também poderá utilizar para quaisquer outros fins.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

A imagem foi coletada na internet por meio de um buscador digital. O texto e o feitiço são de minha autoria.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Feitiço contra inveja

Aprenda a se livrar de toda energia de inveja que é direcionada a você. Com este feitiço simples, você poderá se libertar desse problema e criar uma camada de proteção em sua volta.


Este é um feitiço pagão de magia elemental que tem como objetivo combater a inveja que outras pessoas possam ter em relação a você. A inveja pode se apresentar de várias formas por diversas causas. Assim como uma emoção, ao sentir inveja, a pessoa emite uma energia que vai de encontro à vítima. Essa energia produz um efeito deletério e destruidor, agindo pelo campo astral e mental da pessoa atingida.

Inveja existe no sentido de não querer que o próximo tenha o mesmo que você tem. Não querer que o próximo tenha as mesmas oportunidades que você, que tenha um desempenho melhor que o seu em alguma coisa. Exemplos: Quando alguém ganha uma bolsa para estudar gratuitamente na mesma faculdade que o invejoso estuda, sendo que este paga para estar ali. Ou quando alguém é premiado em uma área da vida na qual o invejoso também atua. Existem várias causas para a inveja, e existem muitas pessoas invejosas por aí.

Este feitiço foi feito para proteger o praticante dessas energias provindas da inveja. Ele tem um tempo de atuação bem extenso (de seis a dez meses), ou seja, se você o fizer, ele terá força e energia para te proteger por mais de um semestre. Depois, caso queira, poderá realizá-lo novamente. Se você quiser também, poderá utilizar em conjunto, outros métodos de proteção energética como: defesa psíquica, talismãs, símbolos, etc.

Para este feitiço você precisará de:

  • Atame (opcional);
  • Tesoura (opcional);
  • Ramo de erva arruda;
  • Vaso ou recipiente com água;
  • Uma pedra de ônix;
  • Incenso de lótus.


Algumas observações antes de fazer o feitiço:

  • Caso você não tenha um atame, poderá utilizar o seu dedo indicador conforme será ensinado;
  • Caso você possua um altar já consagrado, é recomendável que realize este feitiço sobre ele;
  • Você não precisa se preocupar com o período lunar. No entanto, exercer este feitiço durante a lua cheia ou minguante, fortalecerá seu efeito;
  • O ramo de erva arruda deve ser lavado previamente;
  • A pedra de ônix deve passar por uma limpeza prévia.


Como fazer o feitiço:

Para começar, é importante traçar o círculo mágico de proteção. Reúna todos os itens que você utilizará no feitiço. De pé, aponte o atame para a direção leste e diga as seguintes palavras: “Aqui e agora, com a permissão dos Deuses, hei de traçar um círculo mágico para que nenhuma energia externa se aproxime e atrapalhe o meu feitiço. Invoco a energia vital da Deusa para se fazer aqui presente dentro de mim, agindo através de mim. Invoco a energia vital do Deus para se fazer aqui presente dentro de mim, agindo através de mim. Que este círculo mágico seja abençoado e consagrado e nenhuma energia negativa o ultrapasse ou se faça presente dentro dele”.

Visualize uma energia branca e límpida na ponta do seu atame. Trace o círculo em sentido horário circulando até retornar ao ponto inicial. Após isso diga as seguintes palavras: “Agradeço aos Deuses por me concederem o poder de traçar este círculo. Que ele seja firme e mais uma vez, consagrado nas energias divinas. Que assim seja e que assim se faça”.

Caso você não tenha atame e precise ou opte por utilizar o dedo indicador, as instruções são simples. Deverá apontar o dedo indicador da mão com que escreve na direção leste e visualizar uma luz branca e límpida na ponta dele. Assim poderá traçar o círculo normalmente proferindo as mesmas palavras anteriormente mostradas.

Com o círculo mágico já pronto, você poderá partir para o feitiço propriamente dito. Acenda o incenso e o ofereça aos seres elementais do ar e do fogo dizendo: “Ofereço este incenso aos seres elementais do ar e do fogo para que se façam aqui presentes me oferecendo auxílio psíquico, emocional e sentimental para realizar este feitiço. Que com a força da natureza, eu esteja protegido contra todo o mal”. Pegue o ramo da erva arruda e balance ele nos quatro cantos visualizando uma energia volta em volta do mesmo.

Agora, com o incenso aceso, coloque o ramo sobre ele a fim da fumaça se impregnar em todas as suas partes. Enquanto o ramo de arruda recebe a fumaça do incenso, diga: “Que este ramo de arruda seja abençoado em nome dos Deuses e dos seres elementais aqui presentes para que suas energias sejam potencializadas e intensificadas. Que ele seja capaz de retirar e banir todas as energias de inveja, que assim seja e que assim se faça”.

Molhe o ramo de arruda no vaso ou recipiente com água. Agora divida o ramo em duas partes com as suas mãos. Poderá cortar com a tesoura, caso preferir. Esmague as duas partes do ramo de arruda em cada uma das suas mãos, com força. Esmague bem, depois passe a arruda nos seus braços até os ombros. Esfregue no seu pescoço, na sua nuca e no rosto e onde mais preferir. Enquanto faz isso, visualize uma luz verde lhe envolvendo e lhe purificando de toda energia de inveja.

Quando terminar, pegue todos os restos da arruda e jogue no vaso com água. Jogue todas as partes esmagadas que você puder dentro do recipiente. Pegue a pedra de ônix e erga para o alto. Diga: “Que esta pedra me livre de todas as energias negativas. Que ela quebre toda inveja e toda maldade que me cerca. Que ela absorva tudo o que quiser me prejudicar. Que assim seja e que assim se faça”. Jogue a pedra de ônix no vaso ou recipiente com água. Visualize a pedra de ônix absorvendo todas as energias negativas. Tampe o vaso ou recipiente.

O feitiço está quase terminado. No entanto, neste momento você já poderá desfazer o círculo mágico. Antes, faça um agradecimento aos Deuses e aos seres elementais utilizando suas próprias palavras. Caso queira, poderá realizar uma oração final de sua preferência. Pegue o atame e aponte para a direção leste, diga as seguintes palavras: “Em nome do Deus e da Deusa, hei de desfazer este círculo mágico enviando suas energias de volta para o universo. Que assim seja e que assim se faça”. Após isso, visualize o círculo sendo desfeito pela ponta do seu atame enquanto você circula em momento anti-horário até retornar para a posição inicial. Caso não tenha atame, utilize o seu dedo indicador da mão que escreve.

Agora leve o recipiente para um local longe da sua casa. Só destampe quando chegar lá. Ao chegar no local, cave um buraco, jogue tudo o que estiver no recipiente: água, restos da arruda e a pedra de ônix. Feche o buraco com a terra e retorne para casa com o recipiente. Deixe o incenso queimar até o fim. Depois de um mês, poderá retornar ao local e recuperar a pedra ônix. Mas ao fazer isto, deverá fazer uma nova purificação completa na sua ônix.

Este feitiço tem efeito garantido de seis a dez meses, mas você poderá realizá-lo mais vezes conforme houver a necessidade. Ele tem efeito indireto contra mal olhado, olho gordo e outros problemas desse tipo.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.

A imagem foi coletada na internet por meio de um buscador digital. O texto e o feitiço são de minha autoria.

Texto escrito por Zetrusk, não permitida a cópia. Plágio é crime! Se utilizar algo aqui contido, faça referência.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...